quarta-feira, 26 de janeiro de 2011


Amada Minha

(uma ode a Cris)

Sei que meu amor é distante,
Que aperte a saudade, que te implore,
Presença de almas mais constante...
mesmo que me magôe e te chore...

São duas nuaces distintas que prima fidelidade,
das sutilezas despercebidas, uma, em outra cidade...!!!
Vão-se amalgamando almas fecundas,
mesmo que distem ne nós, corpos de sexualidade...
As mentes se mesclam num plano,
unidas e coesas em busca da tenra felicidade...

Tudo se encaixa em co e incidências...
Os pensamentos que permeiam a solidão,
são os mesmo que nutrem anceios e desejos,
que aquece o sangue, descompassa o coração...

Nosso respirar é ofegante...
Apenas senti sua voz em meu ser...
Minhas virtudes viris,
carne latente,
que brame o mastro...
Mais nada a provar...!!!
Se as almas se mesclam num mesmo plano...
Porque se castrar...???

J.Augusto. em:26/01/2011.

Nenhum comentário:

Minha lista de blogs

Minhas imagens

Minhas imagens
Ninféias

Pesquisar este blog

Seguidores