sábado, 29 de agosto de 2009

Aos Meus Amigos




Sou grato pelo abrigo...

Pela acolhida sincera,

Por este amor que libera

A mão forte do amigo...

Grato por ser angelical,

Guardião do meu amor,

Por sempre me dar valor,

Mesmo que não retribua por igual...

Grato por compreender minha alma,

Desvendar-me em mistérios, todo o meu ser...!!!

Com carinho me fazendo entender,

Que toda alma que ama, aprende a viver.

Grato sou, pois...

O amor que transcende, transmuta...

Quando vivemos em prosas de amores,

Versarmos cânticos em louvores,

Nas oferendas... em harmônicas permutas...

Agradecendo a Deus todos os favores

De nos proporcionar ser...

Seres humanos de valores...

Dentro do que habita em nós,

O imensurável amor que flui...

Como água de um rio a correr,

Delineando o seu traçado,

Desenhado seu percurso,

Ultrapassando os obstáculos...

Vai contornado suavemente,

Montes montanhas e cascatas...

Até mesclarem-se elementares...

Na junção do fogo abrazador,

No ar que levita vapor,

Para tornar unir-se...

Na terra e nos mares...

Como almas afins,

No reencontro em seus amores.

Jorge Augusto. Em: 29/08/2009.

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Paradigma do Luxo



Aquela foto que vi...
Reflete a podridão da humanidade...
Traduz com exatidão todo um sistema social infectado..."

Animais,
talvez esteja até sendo injusto nesta classificação...!!!
Melhor dizendo: "Excremento de animais"...
Fica melhor assim....!!!
"Ao ver-te ave de rapina, estavas mirando tua presa,
fácil presa...!!!
ali, a sofismar entulhos de nada, aguardando o nada,
para coisa alguma.
Qual seria teu pensamento infante raquitico,
no momento da caça...???
Serias tu mesmo o caçador ou serias o caçado...???
Mentalmente ouço tua resposta: "Que diferença faz...???"
E remexendo restolhos de raízes de restos dos restos,
com seu dedinho esquelético, desenha um coração
sangrando nos olhos, sim, seu coração tem olhos...!!!
os mesmos olhos de Jesus Cristo...!!!
Ele está perplexo, estagnado na irracionalidade decadente
do ser humano, Ele está triste e lacrimoso...
e derrama suas lágrimas em sangue ao ver aquele menino
sendo observado por uma ave de rapina faminta."
Salva está sua alma, mas será que a do resto a humanidade está?

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Sensei



Ouvi o sopro suave da brisa em minha fronte,

Tocou-me os cílios, fechando-me os olhos...

Vi a chama que emanava de suas mãos

A iluminar minha alma com um lindo clarão.

Senti seu suave perfume de mirra...

Que exalava de sua aura e brilhava como a luz do Sol,

A aquecer meu corpo frio, do descompasso temporal...

E radiante de energia, todo meu plexo agradecia...

Senti subir o fluído do saber, rompendo as entranhas da mente,

Meu ser levitar no tocar e excluir pesares dementes,

Coisas mortas, deprimentes....

Exaurido, embalado em colo de esplendor,

Me senti como a uma criança carente

A ser acarinhado e educado com muito amor...

Agradecido, hoje me ponho a navegar...

Nos sorrisos do vento, me inspiro no mar...

Muito obrigado mestra querida, muito amada Shefá.

Tua formosura de mulher... não sei,

Ao poeta que hoje transmuta, das flores que amei...

Te deixo minha certeza, erudita Shefá-sensei.

Jorge Augusto. Em: 27/08/2009.

Minha lista de blogs

Minhas imagens

Minhas imagens
Ninféias

Pesquisar este blog

Seguidores